Ações Cívico-Sociais realizam quase 500 atendimentos em um só dia

Ações Cívico-Sociais realizam quase 500 atendimentos em um só dia
TEXTO: Assessoria de Imprensa   FOTO: Assessoria de Imprensa
Mais de 4 mil efetivos participaram de diversas ações na região

Foi realizada em Porto Real na segunda, 13, mais uma Ação Cívico-Social(ACISO). O evento faz parte da Manobra Escolar da AMAN que acontece todos os anos e reúne um efetivo de 4 mil pessoas de 80 quartéis de várias partes do Brasil, nas cidades de Porto Real, Quatis, Barra Mansa e  Volta Redonda. Em Porto Real somente na segunda foram realizados 458 atendimentos entre diversas especialidades médicas e consultas de odontologia e psicologia e ainda entrega de medicamentos. Foram também realizados exames como ecodopler e eletrocardiograma.

A equipe da Escola de Saúde do Exército trouxe as seguintes especialidades: pediatria, gastroenterologia, alergologia, ginecologia, neurologia, cardiologia, ortopedia e otorrinolaringologia, dermatologia, nefrologia, clínica geral, periodontia, restauração, ortodontia e endodontia. As unidades de saúde Políclina Fátima, Casa da Mulher, Ambulatório de Psicologia, Centro de Diagnóstico e Tratamento participaram da ação.

“Realizamos ações de apoio ao combate e de logística e também apresentações musicais do Grupo de Músicos da Escola de Sargentos de Logística nos quatro municípios participantes. Diversos quartéis participaram da Manobra Escolar 2017, entre eles a Escola de Sargentos das Armas de Três Corações (MG) e Escola de Sargentos de Logística do Rio de Janeiro”, explicou o Capitão Paulo Silva, comandante do Grupo de Música da Escola de Sargentos de Logística”.

 

Simulação de calamidade pública

 

Exército, Corpo de Bombeiros, Cruz Vermelha, Defesa Civil e Guarda Municipal foram os parceiros em uma ação simulada de deslizamento de terra no bairro Jardim das Acácias, na segunda, 13. Houve uma simulação em que quatro vítimas precisariam de socorro e devido atendimento. Mais de 100 pessoas participaram da ação que durou quase o dia todo. Conforme já prevê o Plano de Contingência do Município, as entidades participantes devem ser acionadas em casos como esse exemplo citado. Na ocasião estiveram presentes o secretário de Ordem Pública, Elias Vargas e o General Henrique da AMAN.

 

Foi realizada em Porto Real na segunda, 13, mais uma Ação Cívico-Social(ACISO). O evento faz parte da Manobra Escolar da AMAN que acontece todos os anos e reúne um efetivo de 4 mil pessoas de 80 quartéis de várias partes do Brasil, nas cidades de Porto Real, Quatis, Barra Mansa e  Volta Redonda. Em Porto Real somente na segunda foram realizados 458 atendimentos entre diversas especialidades médicas e consultas de odontologia e psicologia e ainda entrega de medicamentos. Foram também realizados exames como ecodopler e eletrocardiograma.

A equipe da Escola de Saúde do Exército trouxe as seguintes especialidades: pediatria, gastroenterologia, alergologia, ginecologia, neurologia, cardiologia, ortopedia e otorrinolaringologia, dermatologia, nefrologia, clínica geral, periodontia, restauração, ortodontia e endodontia. As unidades de saúde Políclina Fátima, Casa da Mulher, Ambulatório de Psicologia, Centro de Diagnóstico e Tratamento participaram da ação.

“Realizamos ações de apoio ao combate e de logística e também apresentações musicais do Grupo de Músicos da Escola de Sargentos de Logística nos quatro municípios participantes. Diversos quartéis participaram da Manobra Escolar 2017, entre eles a Escola de Sargentos das Armas de Três Corações (MG) e Escola de Sargentos de Logística do Rio de Janeiro”, explicou o Capitão Paulo Silva, comandante do Grupo de Música da Escola de Sargentos de Logística”.

 

Simulação de calamidade pública

 

Exército, Corpo de Bombeiros, Cruz Vermelha, Defesa Civil e Guarda Municipal foram os parceiros em uma ação simulada de deslizamento de terra no bairro Jardim das Acácias, na segunda, 13. Houve uma simulação em que quatro vítimas precisariam de socorro e devido atendimento. Mais de 100 pessoas participaram da ação que durou quase o dia todo. Conforme já prevê o Plano de Contingência do Município, as entidades participantes devem ser acionadas em casos como esse exemplo citado. Na ocasião estiveram presentes o secretário de Ordem Pública, Elias Vargas e o General Henrique da AMAN.

 

 

Imagens




Siga e compartilhe
nas Redes Sociais