Casa modelo das unidades do PAC é apresentada a famílias

Casa modelo das unidades do PAC é apresentada a famílias
TEXTO: Assessoria de Imprensa   FOTO: Assessoria de Imprensa
Móveis derivados da Oficina de Palete serão sorteados

As 33 famílias beneficiárias das unidades habitacionais da 3ª etapa do Programa de Aceleração do Crescimento  (PAC), conheceram nesta terça-feira 4, o projeto de uma casa decorada com os móveis resultantes da Oficina de Palete, ministrada a cerca de 14 representantes dessas famílias. A visita, acompanhada pela equipe da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação foi feita a uma casa modelo, da construção do Conjunto Habitacional do bairro Jardim das Acácias.

Os móveis utilizados para decorar a casa, serão sorteados entre os participantes da Oficina de Palete, ao final do curso, no mês de agosto. O showroom é composto por armários de cozinha, sofá, painel de Tv, mesa de jantar com quatro lugares, cama de casal e guarda-roupas.

Para a superintendente de Políticas Sociais, Francine Chinellato a apresentação da casa modelo significa um incentivo para as famílias beneficiárias. “Acreditamos que a exposição dessa casa modelo seja uma forma de estimular e mostrar para essas famílias que elas podem fazer seus móveis”.

Em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, a equipe da Assistência Social, Direitos Humanos e Habitação, ainda utilizou paletes para construir cerca em frente a casa decorada, e realizou o plantio de flores e mudas de verduras e hortaliças a fim de montar a horta suspensa.

O terreno abriga as 33 casas do Conjunto Habitacional recém- construído no Jardim das Acácias.

O protótipo foi montado em uma das casas construídas com 36 m² compostos por sala, dois quartos, cozinha e banheiro. “Considero um privilégio, a casa modelo expor na minha residência, os móveis confeccionados na Oficina de Palete, foi diferente. Acho que é até um incentivo para que eu veja os benefícios de ter tudo organizado e em seu devido lugar. Estou bastante ansiosa com o sorteio, pois sou participante da oficina”, conta a dona da casa, Margarete Fátima Moraes, que ainda confessou ter preferências no sorteio. “Estou de olho no guarda-roupa ou nos armários de cozinha”.




Siga e compartilhe
nas Redes Sociais