Classes de Aceleração apresentam Projeto África

Classes de Aceleração apresentam Projeto África
TEXTO: Edson sill   FOTO: Dorinha Lopes
Atividades incentivam alunos na reintegração regular na escola

A realidade de alguns alunos da Escola Municipal Maria Hortência Nogueira tem se transformado a cada dia. Isso porque o município implantou as chamadas Classes de Aceleração, um projeto que visa recuperar a distorção idade/série. Por isso, os professores e orientadores desenvolvem diversos projetos extracurriculares para incentivar os alunos a estudarem. O primeiro deste ano foi denominado Projeto África. O evento de finalização envolveu uma exposição sobre a cultura, vestuário e culinária do continente africano e ainda apresentações de danças, desfile de moda e capoeira.

 “O diferencial do projeto é integrar o ensino regular com atividades lúdicas, resgatando assim o gosto pelo estudo. Procuramos interagir com todos os professores envolvidos na classe de aceleração, tornando o conteúdo interdisciplinar. Todo o material da exposição foi elaborado pelos próprios alunos.”, destacou a professora de Artes, Tatiana Munik Pereira.

 A coordenadora das Classes de Aceleração, Eliza Alves, relatou que a metodologia ajuda de forma considerável o desenvolvimento dos alunos. “Estamos em um projeto piloto, em uma fase experimental. A ideia da Secretaria Municipal de Educação é implantar as classes em outras escolas a partir do próximo ano. A cada trimestre um projeto diferente é elaborado pela equipe. Essas atividades são de extrema importância porque exercem um papel fundamental na valorização de cada um deles. É possível observar a melhoria do comportamento e rendimento de todos eles”.

 

Imagens




Siga e compartilhe
nas Redes Sociais