Plantio de 70 mudas marca o Dia da Árvore em Porto Real

Plantio de 70 mudas marca o Dia da Árvore em Porto Real
TEXTO: Assessoria de Imprensa   FOTO: Assessoria de Imprensa
Alunos dos 6º e 7º ano do CIEP 487 Brizolão Oswaldo Luiz participaram da ação

O plantio de 70 mudas, na Avenida A do bairro Freitas Soares, marcou o Dia da Árvore no município, nessa quinta-feira, 21. As covas foram realizadas a cada quatro metros, ao longo da via pública, marcando o início do projeto arborização da Av. A do bairro. Alunos do CIEP 487 Brizolão Oswaldo Luiz Gomes dos 6º e 7º ano, auxiliaram na realização das atividades. As mudas plantadas são oriundas de doações feitas por empresas do município.

Quaresmeira, oiti e aroeira salsa, são as espécies de árvores que fazem agora, parte do canteiro da Avenida que liga a Lavanderia Municipal à Estação de Tratamento de Água (ETA) Freitas Soares.

De acordo com o subsecretário de Meio Ambiente, Leonardo Odilon, o plantio de mudas no Dia da Árvore chama a atenção da comunidade para a importância da arborização visando a qualidade de vida das pessoas. “Foi organizado todo um planejamento para o plantio das mudas nessa área, pois plantar qualquer espécie de muda pode provocar danos no cano subterrâneo que leva à caixa d’Agua do Jardim das Acácias, que abastece bairros como Freitas Soares, Fátima, São José, Jardim das Acácias, Tecnopolo e Parque Mariana”, alerta.

Os alunos que participaram da atividade receberam um certificado, onde consta a adoção de uma árvore. “Para todos os fins esses alunos irão cuidar das mudas regando e verificando demais necessidades”, conta o subsecretário.

A aluna do 6º ano do CIEP 487 Brizolão Oswaldo Luiz Gomes, Maria Clara da Silva, considerou bastante positiva a experiência e acredita nas diversas melhorias que esse plantio pode significar. “O pensamento e forma de agir de muitas pessoas devem mudar pelo fato de ter uma árvore crescendo nessa Avenida, pois as pessoas vão enxergar que o local não é próprio para jogar lixo. A qualidade do ar também tende a melhorar muito”.

“A arborização no processo de urbanização da cidade é relevante, melhora o clima urbano, proporciona controle da poluição, melhora a paisagem e traz uma série de benefícios para a comunidade”, observou Leonardo, lembrando que quanto mais árvores existirem no perímetro urbano, maior será o benefício para a população. “Elas captam o gás carbônico da atmosfera, incorporam ao seu desenvolvimento e isso ajuda no trabalho de despoluição”. É importante ainda que haja consciência da população para o descarte correto de resíduos, já que o município realiza de forma constante a coleta seletiva”, enfatiza. 

Apoiaram a ação as secretarias de Ordem Pública, através da Defesa Civil e do Grupamento Ambiental, e de Obras e Serviços Públicos.

Imagens




Siga e compartilhe
nas Redes Sociais