Porto Real inicia trabalho com produtores rurais.

Porto Real inicia trabalho com produtores rurais.
TEXTO: Ricardo Moraes   FOTO: Dorinha Lopes
A convite da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, mais de 40 produtores rurais de Porto Real se reuniram ontem à noite no Horto Municipal.

Porto Real inicia trabalho com produtores rurais

 

    A convite da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, mais de 40 produtores rurais de Porto Real se reuniram ontem à noite no Horto Municipal para avaliar a realidade do setor e apresentar suas propostas para a retomada da atividade agropecuária no município. “Estamos ouvindo o produtor para montar um plano de ação dinâmico, que venha de encontro às reais necessidades de quem vive do campo”, resumiu a secretária Vanessa Miranda.

    Entre os vários temas abordados, o que ganhou maior destaque entre os presentes foi a necessidade de a Prefeitura oferecer máquinas e equipamentos para dar suporte à produção rural. A representante da administração municipal concordou com os presentes e adiantou que o assunto já vem sendo tratado internamente. “Entendemos que o melhor caminho é a contratação do serviço e não a compra de um novo trator ou outro tipo de maquinário, para não ficarmos dependentes da aquisição de peças de reparo”, argumentou a secretária que aposta neste formato de prestação de serviço para garantir que o produtor será atendido mesmo em caso de quebra ou de desgaste do equipamento.

    A contratação de um veterinário que possa atender situações de emergência na área rural também foi colocada por diversos produtores presentes. “Entendo que os próprios produtores podem apontar o perfil deste profissional, que irá atender a todos sem distinção”, comentou a secretária. Políticas de melhoramento genético do rebanho local e a parceria da Prefeitura nas campanhas de vacinação contra febre aftosa também foram destaques do setor de pecuária.

    Também foi lembrada no encontro a necessidade de revitalização das estufas de mudas do município, o apoio aos produtores para regularização de alambiques, o retorno do escritório da Emater na cidade, o apoio à agricultura orgânica, à criação de peixes e a possibilidade da Prefeitura adquirir a produção local para ser aproveitada na merenda escolar. “São assuntos importantes que estão sendo registrados e serão alvos do nosso trabalho”, disse Vanessa.

    Os produtores também pediram apoio à Prefeitura para auxiliá-los na formação de associações ou cooperativas que defendam os interesses do setor rural e possam realizar compras coletivas a preços mais em conta. Melhorando a organização, os produtores acreditam que o setor poderá voltar a ter a importância econômica e ser novamente reconhecido no estado do Rio. “O encontro foi muito valioso e cabe a nossa secretaria estabelecer o plano de ação e avançar”, conclui a secretária que pretende realizar reuniões mensais com os produtores para acompanhar as metas. O próximo encontro já está marcado para o dia 15 de março, às 18 horas, também no Horto Municipal.

 




Siga e compartilhe
nas Redes Sociais