Notícias

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

01/04/2022

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

O dia 2 de abril é, de acordo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Em alusão à data, as escolas e creches da Rede Pública Municipal de Ensino de Porto Real fizeram diversas ações sobre o tema durante essa sexta, 1º de abril, buscando dar visibilidade ao Transtorno do Espectro Autista (TEA). 
Professores e alunos vestiram a cor azul, com o intuito de promover o acolhimento das famílias e a conscientização sobre os serviços e tratamentos para essas pessoas. Segundo a coordenadora de Educação Especial, Luciana da Silva Nicomedes, atualmente cerca de 65 alunos com autismo estão matriculados, desde a educação infantil até os anos finais. Luciana ainda explica que a intervenção pedagógica para crianças com TEA iniciam-se nas creches, por meio do Atendimento Educacional Especializado voltado para a Estimulação sensoriomotora. 
Além disso, em caso de comprovada necessidade, após avaliação multidisciplinar da equipe da  Secretaria de Educação, também é disponibilizado o mediador escolar para auxiliar o desenvolvimento da criança durante a rotina escolar.
Já a secretária de Educação, Cultura e Turismo, Maria Madalena Ferreira, explica que o apoio pedagógico oferecido pelo AEE, inicia-se com a Estimulação Essencial e contínua durante todo o processo educacional do aluno. “No AEE é possível identificar as questões sensoriais próprias de cada aluno e através de atividades adaptadas ofertar o ensino de forma que a criança interaja com o objeto de estudo, das mais variadas formas” disse Madalena.
O prefeito Alexandre Serfiotis destaca também que por meio do AEE, é possível orientar adaptações curriculares individuais para cada aluno e essas adaptações seguem o processo escolar passando por todos os níveis de ensino. "Nosso objetivo é ajudar as famílias com filhos autistas e os próprios autistas. Também buscamos informar às pessoas sobre a importância do diagnóstico precoce deste transtorno neurológico, além de entender como conviver com pessoas com autismo”, explica Serfiotis.



e-SIC
radar